19 de jan de 2007

Concurso

Descobri um concurso de contos e poesias, acho que vou participar. Mas esse concurso descobri já faz algum tempo... estou postergando o envio do texto. Não sei se parto do zero, acerto o que já tenho feito, se me inscrevo em contos, se me inscrevo em poesias...

Tenho estado sem fôlego para a escrita. São muitas idéias para pouco tempo...

Meus textos estão mudando de qualidade, e toda aquela digressividade e perfeccionismo que haviam passado tempos distantes de meus textos retornaram com toda a força. Não sei o que escolher para enviar ao concurso. O que escolher? Tem que ser brilhante, distinto, notável, leve...

Nunca tinha escrito nada ouvindo Elvis Presley. Outro ânimo.

Não imagino como vai sair esse conto... Possivelmente será um mar de digressões. Possivelmente será em portuguesa compreensí­vel. Espero que seja bonito, espero que valha uma leitura... Ainda mais de olhos beletristas, de olhos críticos.

Eu esperava escrever algo mais belo. Mas sobre o que há de belo não consigo escrever, o fascínio me impede. Mas tentarei em minhas próximas postagens escrever sobre o que há de belo.

Tanto tempo escrevendo algo tão simples. É, bem disse a Mestra...

Tsc.

As palavras faltam a este nesse post assim como falta palavras para...




(Ah, aproveito para parabenizar meu caro amigo Glauber pelos 20 Carnavais! rs. Excelente linha do tempo, retrospecto interessante..)

4 comentários:

Linda! disse...

Fê, eu sei que vai dar tudo certo... aposto muito em você. E você sabe...!

Depois me manda o conto que mandará para o concurso?!

Ah Fê... eu não queria cobrar... mas e o meu post?!?!?! Não esqueci... apesar de ser também conhecida como Amnésia! =P

Muitos Bjos!

Até!

Glauber disse...

Muito obrigado por me mencionar no seu postorum... Fiquei muito feliz... Sobre contos... Será que eu participo? Se for, vou concorrer com a belle Patrice. Ou seje, mariposorum! Mas eu não sei o formato que darei... E sobre digressão... Se você tem este estilo, faça-o assim. Eu não tenho... Eu não o compreendo [o estilo], mas ele é o que tá na moda literária... Vá a fundo...

Thalita disse...

Eu posso até imaginar...
2016. Um grupinho de jovens estudantes de Letras sentados em círculo com seu professor de óculos redondos e design capilar barroco (agora já levemente bicolor), analisando um conto para o trabalho de fim de semestre. Aí o professor, com uma amável sorriso, diz aos aluninhos "Há alguns anos, esse escritor, Fernando Penteado foi meu aluno, tal como vocês!"

hahaha! Sempre me surpreendendo, anjinho! ^.^
Quero ver essas digressões em ritmo de Elvis, hein!

Beijooooooooooos!
=****

Sinayoma disse...

Oi Fê!

Manda um conto!=P

Muita saudade de você!

Quem vê pensa que o Glauber gosta de carnavais (é uma piada, viu!hahaha)!

Posta o conto aqui pra gente ler!

beijãooooooooo
Gabi, vulgo Pandora